• Fisioterapeuta Thamires B. Rodrigues Pereira

Andador, certo ou errado?


ERRADO!!!!

Existe um Projeto de Lei (n 4926/2013) que visa à proibição da fabricação, venda e utilização de andador infantil em todo o território nacional estando em acordo com a posição da Sociedade Brasileira de Pediatria e diversas outras instituições e profissionais voltados para a saúde da criança.

O andador traz diversos prejuízos à segurança e ao desenvolvimento do bebê. Com seu uso, a criança perde a noção de espaço e perigo, adquirida com o engatinhar e andar, aumentando potencialmente o risco de quedas graves, queimaduras, intoxicações e afogamentos. Se tratando do desenvolvimento motor, usar andador pode causar posições viciosas e até deformidades de quadril, pés e tronco, os músculos das pernas ficam mais fracos, e então, ao contrário do que as pessoas pensam, o uso do andador, faz com que a criança demore mais para andar.

É importante que a criança fique em um espaço livre e seguro, em que ela possa se locomover sozinha, seja se arrastando ou engatinhando, pois essas fases do desenvolvimento são um preparo para o andar.


136 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo