• Fisioterapeuta Thamires B. Rodrigues Pereira

Quanta secura!!!


Com esse tempo seco que está fazendo em São Paulo, as crianças (juntamente com os idosos) são as que sofrem mais. As infecções respiratórias como bronquiolíte, pnemonia e broncopneumonia ficam mais propensas à aparecer, além das crises alérgicas como rinite e asma.

Para previnir quaisquer complicações provenientes do climas mais seco deve-se oferecer bastante líquido às crianças (água, sucos, água de coco e chás são boas opções), além de frutas ricas em líquidos (melão e melancia). Se o bebê mama apenas no peito, convém oferecê-lo mais vezes.

A hidratação das vias aéreas também é indicada aplicando soro fisiológico no nariz da criança. Deve-se evitar passeios e esportes ao ar livre mantendo a criança em ambientes com a umidade controlada através do uso de umidificadores, bem como toalhas molhadas nas extremidades de portas e janelas ou até mesmo de bacias com água no quarto da criança (cuidado com as que já andam e engatinham).

Mas atenção!!! Os umidificadores são bastante eficazes, mas não podem ficar ligados a noite inteira, pois podem molhar as superfícies e favorecer o aparecimento de mofos. Além disso, é de extrema importância que o aparelho seja limpo adequadamente, pois podem criar fungos e bolores, piorando ainda mais a qualidade do ar. Se a criança persistir com dificuldade para respirar, tosse e febre, procure seu Pediatra e se necessário um Fisioterapeuta Especializado em Fisioterapia Respiratória para crianças.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo